Bahai News -- Instituto Bahá'í Nylza Taetz realiza a primeira Festa de Círculos de Estudo do Estado do RS
E se, confirmado pelo Criador, o apaixonado escapar das garras da águia do amor, haverá de entrar no Vale do Conhecimento e sairá da dúvida para a certeza, e volver-se-á da treva da ilusão para a luz do temor de Deus.
 
 

Instituto Bahá'í Nylza Taetz realiza a primeira Festa de Círculos de Estudo do Estado do RS

Compartilhamos com todos os amigos que na noite de 10/05/03, sábado, na Sede Bahá'í de Canoas, foi realizada a primeira Festa de Círculos de Estudo do Estado do RS.

Num clima de muita alegria 45 pessoas entre pré-jovens, jovens e adultos, bahá'ís e simpatizantes, se reuniram para festejar o sucesso dos círculos.

Na ocasião foi apresentado o vídeo ''Criando uma Cultura de Crescimento'', preparado e lançado pelo Centro Mundial no início do plano de 4 anos, e seguido de apresentações artísticas que alguns círculos haviam preparado. Foi muito divertido e proporcionou aos participantes momentos de muito riso!

A festa finalizou-se com um galeto deliciosamente preparado e servido e que contou com o apoio de muitos amigos.

O Instituto pretende realizar mais uma Festa de Círculos no segundo semestre de 2003.
AGUARDEM!

Fonte: Instituto Bahá'í Nylza Taetz


Banco de Dados para Relatórios Estatísticos via Internet

Brasília, 12 de maio de 2003.

Transmitido eletronicamente

A todos os Conselhos Bahá'ís

Queridos amigos bahá'ís,

A Assembléia Espiritual Nacional tem a imensa alegria de informar aos amigos que encontra-se em plena operação a nova versão do banco de dados que permitirá emitir vários tipos de relatórios estatísticos, como da população bahá'í, recursos humanos que estão sendo treinados pelos Institutos Regionais, de atividades centrais do Plano de Cinco Anos e outros. A atual versão é o resultado da integração do banco de dados antes utilizado pela Assembléia Nacional com um preparado pelo Centro Mundial.

A expectativa da criação deste banco de dados é disponibilizar seu acesso em nível regional foi o de garantir a obtenção de dados e relatórios com mais facilidade, rapidez e com exatidão. Doravante, os Conselhos Bahá'ís terão a missão de atualizar os dados dos bahá'ís de suas respectivas regiões, uma vez que a Assembléia Nacional estará permitindo a cada secretário de Conselho fazer lançamento de alterações de dados. Para isso, uma senha será fornecida a cada um mediante solicitação, que é possível entrando no site do banco de dados na seguinte página: www.aen.bahai.org.br e para obter a senha de acesso deve-se clicar no campo que diz “dúvidas, sugestões e comentários”. Através desse campo os amigos também poderão recorrer a orientação de um assessor que estará dando suporte de uso e por onde também aceitará sugestões. Após este procedimento, os secretários (as) já podem lançar mudanças de endereço, profissão, estado civil, falecimento, etc, com relação a cadastro dos bahá'ís, como também as atividades que estão sendo realizadas por agrupamento, quem está no processo de instituto e que curso do instituto está participando.

Considerando que se permite ter acesso às informações de caráter pessoal, a senha só será disponível para o secretário(a) do Conselho; ele pode até delegar a um auxiliar realizar tarefas relacionadas com a atualização de dados, contudo, a responsabilidade de acesso e do que for lançado é do secretário(a). O banco de dados registra quem faz qualquer alteração. Neste caso, por exemplo, o lançamento de dados referentes à estatística do processo de instituto, deverá ser feita, entre o secretário e a coordenação do instituto. Este procedimento objetiva a segurança das informações e também permite o Conselho estar acompanhando a alimentação do banco de dados.

Uma primeira tarefa que cada Conselho necessita realizar com urgência é lançar as informações relacionadas com o processo de instituto, tendo em vista que não foi possível importar os dados que os Institutos já têm registrados. Sugerimos que o secretário(a) de cada Conselho convide a coordenação de instituto de sua região e providencie o lançamento, em conjunto, dos bahá'ís que já foram capacitados, conforme pede o banco de dados, que dentre outras informações pedirá nome, livro que já estudou, etc. Aos coordenadores de instituto será permitido apenas emitir relatórios, para isso eles também necessitam solicitar uma senha de acesso. Caberá a secretaria do Conselho fazer qualquer lançamento de alterações no banco de dados. Quanto ao lançamento das informações referente à capacitação de recursos humanos, a Assembléia Nacional gostaria de solicitar um grande empenho de cada Conselho providenciar o lançamento com a máxima urgência, já que a Assembléia Nacional constantemente necessita emitir relatórios para avaliações e compartilhar com o Centro Mundial e os Conselheiros.

Como cada Conselho só poderá fazer alteração dos bahá'ís de sua região, a função de transferência de um bahá'í da região de um Conselho para outro fica a cargo da Assembléia Nacional, cabendo aos Conselhos Bahá'ís, as Assembléias Locais ou ainda o próprio indivíduo manter a Assembléia Nacional informada. Os Conselhos terão permissão de fazer pesquisa na jurisdição de outros Conselhos, porém tendo acesso somente aos seguintes dados: nome, nº do cartão de declaração e a cidade, mas não terão a permissão de fazer alteração de dados.

O banco de dados fornece informações de todos os bahá'ís registrados, ativos, com endereço conhecido, endereço desconhecido, endereço conhecido mas sem entrega de correio. Sem dúvida, os amigos irão detectar possíveis informações que necessitam ser atualizadas, como por exemplo, registros duplicados, endereços desatualizados, estado civil, profissão,etc. A missão é se esforçarem em atualizá-lo, para isso os amigos poderão recorrer à ajuda das Assembléias Locais, disponibilizar um computador em grandes eventos locais e regionais.

A Assembléia Nacional, visualiza que, gradativamente, o banco de dados poderá ser alimentado em nível de micro regiões, por exemplo, por um Comitê de Ensino de Área que cuida de um determinado agrupamento. Este será um passo mais adiante, à medida que os Conselhos Bahá'ís ganhem experiências em sua operacionalização. Como os amigos vão notar, o banco de dados está elaborado de tal forma que relatórios poderão ser obtidos por agrupamentos, o que facilitará na emissão de relatórios para subsidiar as reuniões de reflexão, desde que os dados estejam lançados e atualizados.

Fazer exclusões de bahá'ís do banco de dados e alterações no campo referente ao nome dos bahá'ís competirá somente a Assembléia Nacional, são medidas também de segurança e controle. Os cartões de declaração devem continuar sendo enviados para a Assembléia Nacional que permanece com a função de lançar os novos bahá'ís. Os Conselhos Bahá'ís podem considerar fotocopiá-lo para manter em seus arquivos.

É importante que todos os Conselhos iniciem imediatamente o processo de atualização de dados, uma vez que para os cálculos no número de delegados para as Convenções Regionais deste ano de 2003 a Assembléia Nacional se baseará nas informações que o banco de dados fornecer.

Desnecessário enfatizar que, considerando que o banco de dados disponibiliza informações pessoais, devendo ser consideradas de caráter confidencial, cuidados especiais são necessários ao lidar com ele. A Assembléia Nacional conta com todo o apoio dos Conselhos a este respeito.

Com amorosas saudações bahá'ís,

Carlos Alberto Silva
Secretário Nacional


90 amigos de 16 comunidades se reúnem durante o 3o. Seminário das Assembléias Locais de São Paulo

O Conselho Bahá'í do Estado de São Paulo promoveu, nos dias 3 e 4 de maio, o III Seminário das Assembléias Locais, que contou com a participação de cerca de 90 amigos de 16 diferentes localidades.

O Seminário teve a participação marcante dos membros do Corpo Auxiliar Fariba Vahdat e Marcos Fadel e tinha na programação: estudos, apresentações, workshops de Tesouraria, Coordenadoria e Secretaria, consultas, apresentações artísticas, e muita troca de experiências.

O evento tem melhorado a cada ano, tanto na qualidade das consultas e das apresentações como na participação e no envolvimento dos participantes e membros das instituições locais.

O Conselho recebeu diversos relatos de indivíduos e instituições, agradecendo e parabenizando pela programação bem equilibrada, com temas importantes de aprofundamento, temas espirituais e aspectos práticos da administração bahá'í.

Os Seminários das Assembléias Locais têm como meta cumprir um dos mais básicos objetivos dos Conselhos Bahá'ís que é promover o fortalecimento das Assembléias Locais.

Neste sentido gostaríamos de sugerir que todos os amigos que participaram do Seminário, ao voltarem a suas cidades, compartilhem suas experiências com os demais membros de sua Assembléia Local, apresentem a eles, assim como à sua comunidade, as sugestões, comentários, materiais e anotações feitas durante o evento.

Aproveitamos para convidá-los para o próximo Seminário, em 2004.

Fonte: Conselho Bahá'í de São Paulo

©Copyright 2003, Agência Bahá´í de Notícias, Brasil


---------
Return to: UGA Baha'i Association's Home Page
Baha'i News Archives' Index
This page was designed by Sohayl Moshtael suggestions, and news submissions are welcome, and appreciated.
URL: http://bahai.uga.edu/2003/030517-1.html


The content and opinions expressed on this Web page do not necessarily reflect the views of nor are they endorsed by the University of Georgia or the University System of Georgia.

Page last updated/revised 030518